7.3.12

Somos todos professores


Dizem que nunca paramos de aprender. Mas se esquecem que, também, nunca paramos de ensinar.

Ensinamos a todo instante. Ensinamos a todos. Ensinamos, principalmente, aos pequeninos.

O certo e o errado. O bonito e o feio. A amar e a odiar. Respeitar e temer. Como ser feliz ou triste. Como ser bom e como ser cruel.

Como aprender e como desaprender...

 
Sim, nós temos o poder de ensinar tudo isso.

Basta que um par de olhos se pouse sobre nós ou que um par de orelhas capte o som de nossa fala.

Somos professores. Sempre. De todos. Isso é fato!

Se não acredita, olhe ao redor. Você vai se surpreender ao encontrar atitudes suas nos seus próximos. Às vezes, até as suas palavras!

Teriam eles lhe furtado a maneira de ser??? Não! Você os ensinou a ser assim.

Só nos resta, então, a tomada de uma decisão: “o que queremos ensinar?”
(Rita de Cássia A. Limissuri)