1.6.08

@ Minha Dissertação de Mestrado

Resumo


ALVES, Rita de Cássia Dias. Fonologia e Vocabulário na Percepção de Educadoras Sobre Comunicação de Pré-Escolares. São Paulo, 2005. 148p. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Entre os subsistemas da linguagem, a fonologia e o léxico são aqueles que podem ser observados por qualquer pessoa do convívio da criança logo no início do desenvolvimento. No entanto, sabemos que há diferentes maneiras de se considerar a linguagem infantil e, o que parece ser uma alteração para um, pode ser considerado normal para outro.
Essa pesquisa teve por objetivo verificar a influência da fonologia e do vocabulário na percepção de educadoras sobre a comunicação de pré-escolares e contou com a participação de sete educadoras e 123 crianças divididas em: G1 (42 crianças de 3;0 a 3;11 anos), G2 (40 crianças de 4;0 a 4;11 anos) e G3 (41 crianças de 5;0 a 5;11 anos).
A avaliadora perguntou a cada uma das educadoras quais crianças de sua sala elas julgavam ter alguma dificuldade de comunicação e porque. Em seguida fora aplicadas as provas de fonologia (Wertzner, 2000) e de vocabulário (Befi-Lopes, 2000) em todas as crianças da sala (as citadas e as não citadas pelas educadoras).
Os resultados indicaram que, para cada faixa etária, a influência da fonologia e do vocabulário na percepção das educadoras se deu de maneira diferente.
Uma relação mais próxima entre Fonoaudiologia e Educação se faz importante, uma vez que notamos a necessidade de se esclarecer o que é normal e o que não é mais aceito, para cada idade, no que se refere ao desenvolvimento da fonologia e do vocabulário.

Palavras-chave: linguagem infantil, fonologia, vocabulário, pré-escolares, educadoras.



Abstract



ALVES, Rita de Cássia Dias. Phonology and Vocabulary in the Perception of Educators About Communication of Preschoolarchildren. São Paulo, 2005. 148p. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Among the language subsystems, the phonology and the lexicon are the ones that can be observed by anybody of the child's conviviality soon in the beginning of the development. However, we know that there are different ways to considerer the infantile language and what seems to be an alteration for somebody, can be considered normal by other person.
This research intends to verify the influence of the phonology and the vocabulary in the educators' perception about the communication of prescholarchildren and it counted on the participation of 7 educators and 123 children divided in: G1 (42 children from 3;0 to 3;11 years), G2 (40 children from 4;0 to 4;11 years) and G3 (41 children from 5;0 to 5;11 years).
The appraiser asked each educator, which children of his/her classroom they judged to have some communication difficulty and the reason. Soon afterwards, the phonology (Wertzner, 2000) and vocabulary (Befi-Lopes, 2000) proofs had been applied to all children of the classroom (the mentioned and the no mentioned by the educators).
The results indicated that, for each age group, the influence of the phonology and of the vocabulary in the educators' perception felt in a different way. A closer relationship between Fonoaudiologia and Education is important once we noticed the necessity to explain what is normal and what is not acceptable any more for each age, regarding the development of the phonology and the vocabulary.

Word-key: Children’s language, phonology, vocabulary, preschool, educating.